Pesquisar

a-azinhaga

Aprender pela Arte e Ofício

Mês

Maio 2016

da-azinhaga

Algumas pessoas gostam de pintar. Outras, gostam de ficar com os dedos sujos de ter lido o jornal. Outras pessoas gostam de ler Whitmann ou ouvir ópera. Algumas pessoas gostam de sentir o peso do corpo a cada passo. Eu, ando pela mão das estações. Gosto de colher o que em cada uma se cultiva. Gosto das pessoas. E do que revelam. Do que engenham. Gosto da arte que me enobrece o espírito. Do ofício que acorda os sentidos.


A minha avó Alice cultivou em mim o gosto pela pintura e provavelmente, também dela veio o gosto pelo piano. Do meu avô António, o gosto pela literatura. Da leitura e da escrita. A avó Conceição levou-me pelo pinhal e pela mão. Fazíamos colares de pinhões e flores. O avô Manuel, sentava-se no muro que ladeia a praia da Trafaria e chamava-me, desafiando para os jogos de mãos. Do meu pai, vem a ligação à terra, à natureza e família. Da minha mãe, veio o mundo atrás. Todo o mundo, cheio de mundo.


Vivo dentro da imagem que gerei. Era uma vez e assim será.


Para os meus filhos, crescerem também com o mundo.

Anúncios

O hortelão mais novo da azinhaga…

DSC_0320DSC_0340DSC_0343DSC_0349

Em dias de Origami…aqui, na azinhaga.

 

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑