Que tarde bem passada..

Na presença da Paula Perfeito, que orientou o workshop de escrita, existe um mundo de conhecimento e generosidade de palavras. A Paula é uma contadora de histórias.

Entre preposições, acentuações, prontuário e dicionário, exercícios de escrita e dicas adicionais, mostrou-nos deliciosos textos de Vergílio Ferreira e Ernst Hemingway.

Ler, Ler, Ler. Para que se escreva bem.

Ouvimos falar de elasticidade mental e ficámos curiosos. Quisemos ler mais ainda. Escrever com clareza. E tranquilizámos a mente para a leitura dos romances. Que os ensaios não são para todos os dias..!

Falámos de leituras obrigatórias, mas também de sugestivos títulos.

À minha querida amiga de infância, um agradecimento especial, por ter vindo à azinhaga. Espero eu, nas minhas palavras escritas, ter a competência esperada na acentuação determinada. A teu ver.

Convido-vos a ir lendo, com o tempo da correspondência escrita, as entrevistas em www.entre-vistas.pt

 

 

 

Anúncios